Selton Mello
é de longe o melhor ator nacional. Suas atuações e interpretações são fantásticas. Em O Cheiro do Ralo, o filme basicamente é ele, se é que vocês me entendem.

Ele interpreta Lourenço, que é dono de uma loja que compra e vende objetos usados. Como ele mesmo fala no filme, para ter lucro ele precisa explorar e se aproveitar de seus clientes que sempre vão lá precisando de dinheiro. A medida que o filme vai se desenvolvendo essa sua obsessão vai ficando cada vez pior, e ele acha que o cheiro ruim que vem do ralo do banheiro de seu ‘escritório‘ tem ligação com os acontecimentos.

Aproveitando de sua posição ele começa a controlar e tratar a todos como se ele pudesse comprá-los. O problema é que um certo dia ele toma um “” de uma garçonete que ele julgava controlar. A culpa? Do ralo…

O Cheiro do Ralo é o tipo de filme que ou você odeia ou você ama. A massa crítica cinematográfica e cultural (botei pra lenhar agora ein?) idolotrou o filme, que recebeu diversos prêmios.


Lourenço é um cara que no início do filme parece ser quase normal, porém, logo você percebe que ele não possui caráter algum e que gosta de controlar as pessoas que entram na loja dele. Só que Selton Mello faz de um jeito, com aquela voz bem sacástica e “um muito” de indiferença, que se torna uma coisa altamente cômica.

É humor negro de primeira, muita neurose e loucura, girando ainda em torno de bundas e sua fixação pelo pai que não conheceu. Ele fica louco com um olho que comprou de um sujeito estranho e vai mostrando ele as coisas que ele gosta de ver, focando na bunda da garçonete e tudo mais. Logo no início a sua indiferença para se casar com a esposa, que ele a larga de um jeito nada agradável foi capaz de proporcionar uma frase que fez muita gente rir: “Mulher é tudo igual, se você bobear, os convites vão para a gráfica.” (retirado do Blog do Lourenço). Se você não viu o filme não vai achar muita graça, assista.

Eu gostei muito do filme, só não sei como recomendar para alguém assistir. Se você tem nojo de humor negro, não gosta de filmes neuróticos e principalmente, tem muito medo daqueles filmes que os críticos idolatram, não sei se é uma boa conferir. Como eu avisei antes, é do tipo de filme que ou você gosta ou você detesta, e gosto é que nem aquele negócio né? Eu particulamente adorei, o filme é sensacional.


Lista de Filmes

Com isso minha lista de filmes foi atualizada, um filme a menos e aproveito para indicar mais dois. Calma, eu sei que nunca vou terminá-la. Os filmes são:

– Soldado Anônimo
Do mesmo carinha que fez o excelente Donnie Darko. A muito tempo estava querendo vê-lo, acabei esquecendo, só lembrei quando vi um pedaço no Telecine, mas era cedo e tinha que ir trabalhar.

– Blade Runner
Quase fui morto pelos cinéfilos ao descobrirem que nunca vi o filme. Um clássico dos clássicos. Se eu for listar os clássicos que não vi, meu ip vai ser banido para todo o sempre, por isso vou revelando aos poucos. 😀

Related Posts with Thumbnails