Princesas

Se você não viu o filme e ainda pretende vê-lo, o texto abaixo conta um pouco da trama.

Aceitei um pedido de minha amada e dei uma de “maduro” indo conferir na Sala de Arte do MAM aqui em Salvador o filme espanhol Princesas. Para quem não conhece Soterópolis, o Cine do Museu de Arte Moderna fica no Solar do Unhão, um dos locais mais bonitos de Salvador e reduto de pessoas “maduras 😛.

O filme me surpreendeu, gostei dele. Trata da história de duas mulheres, duas garotas de programa. Caye é uma mulher que esconde sua real profissão da família e está juntando dinheiro para comprar uns peitos maiores. Um dia sua vida se cruza com a de Zuleima, uma imigrante de Santo Domingo (Repúíblica Dominicana) que tenta ganhar dinheiro para sustentar sua mãe e seu filho em sua terra natal, e um dia quem sabe, trazê-lo para espanha.

De um salão de beleza, as ‘putas‘ locais olham com desprezo as imigrantes que ficam se oferecendo “de graça” na rua e tomando o mercado delas. Caye conhece Zuleima quando a leva no hospital, vítima de espacamento de um sujeito do governo que sempre promete que vai conseguir os documentos para ela ser patriada no país.

O filme é bom, mas o melhor é quando aparece Manoel, o verdadeiro Bablo. Eu passei mal de rir quando em determinado momento ele marca um jantar romântico com Caye, que já tinha dito a ele que era ‘una puta‘ e ele não acreditou. Quando ela chega ele entrega um presente. Qual não é o espanto de Caye quando avista uns cds na mesa e ele pronta e alegremente diz: “Adobe Premiere 5.1 e a atualização do Office”.

Vocês não tem a noção de quanto eu dei risada. Só essa cena já valeria o filme.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

2 Comments

  1. Vc está me surpreendendo com seu gosto pro cinema.
    ehehehehe

    Post a Reply
  2. Caramba! Esse filme é muito bom mesmo, é indicável de longe, e essa Zulema! Mulher bonita da porra!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.